Sobre o CCBBW

O QUE É O CCBBW

O Conselho de Cidadãos Brasileiros da Baviera e Baden-Württemberg é composto por membros dos dois estados da jurisdição do Consulado-Geral do Brasil em Munique: Baviera e Baden-Württemberg.
O Conselho é presidido pelo Cônsul-Geral do Brasil em Munique e possui um coodenador-geral e dois secretários executivos. É composto de no mínimo 8 e no máximo 16 membros titulares, não havendo membros suplentes.
Com a finalidade de alcançar o maior número possível de brasileiros na região, os membros do Conselho representam diversas associações ligadas ao Brasil (Casa do Brasil, Associação Cultural Teuto-Brasileira, Jardim de Infância Estrelinha, Escola Linguarte) ou de associações de imigrantes como a KOFIZA (Centro de Aconselhamento), Caritas, Centro para Medicina Transcultural da Baviera, assim como outros profissionais. Um dos membros participa do Conselho de Estrangeiros da cidade de Munique. Dois membros são do estado de Baden-Württemberg, um deles, do Consulado Honorário de Stuttgart.
Seu objetivo central é o de canalizar o diálogo entre a comunidade brasileira e o Consulado-Geral do Brasil em Munique. Para isso, o Conselho busca:

  • colaborar na promoção de atividades de apoio não pecuniário bem como de iniciativas de caráter informativo à comunidade brasileira;
  • discutir e elaborar propostas de interesse geral do brasileiro que vive no exterior;
  • observar, de maneira crítica, o trabalho do Consulado-Geral do Brasil em Munique, enviando sugestões para o aperfeiçoamento dos serviços consulares e reivindicações diversas.
O Conselho possui um Portal, no qual se encontram informações divulgadas pelo Consulado-Geral do Brasil em Munique e pelo Ministério das Relações Exteriores, comunicação das datas de reuniões do Conselho e suas respectivas Atas. O Portal possibilita, também, a inscrição para receber os comunicados enviados à comunidade brasileira em geral. O „Fale conosco“ é um canal de comunicação com a comunidade brasileira, pelo qual esta pode enviar suas perguntas e propostas ao Conselho, para serem discutidas nas reuniões. Muitas das respostas são apenas enviadas ao questionante devido ao caráter privado do assunto; quando possível, contudo, a resposta é publicada no “Fale conosco” para que todos tenham acesso à informação.
Os membros do nosso Conselho são eleitos democraticamente e trabalham voluntariamente.
Para maiores informações consultem o estatuto.